Na pandemia, pets são

companhias contra estresse

Reportagem e edição: Keuly Vianney

WebDesign: Hanna Teixeira

01/07/2020

Adotar um animal de estimação pode ser a saída neste momento de pandemia do novo coronavírus, quando as pessoas ficam mais em casa. Como confirmam pesquisas científicas, os pets são bons companheiros, fazem bem para a saúde do corpo e da alma e ajudam na prevenção do estresse, ansiedade, medo, angústia e depressão, sentimentos que podem surgir durante o isolamento social e a quarentena.

Conforme o Instituto Pet Brasil, são mais de 140 milhões de animais de estimação no Brasil, sendo a maioria deles cães, aves e gatos. Muitas das vezes, esses bichinhos caseiros trazem vários benefícios, como melhoria da autoestima e do convívio social, aumento dos hormônios do prazer e ainda são terapêuticos (veja Galeria acima e clique na foto para ler a legenda).

Além disso, são ótimas companhias, principalmente, para quem mora sozinho e as crianças. O veterinário Edson Figueiredo da Costa destaca a importância dos animais na vida das pessoas. Ouço áudio ao lado, que ele gravou especialmente para o Noticiar.net, falando sobre como os pets podem ajudar durante essa pandemia.

A assistente social Efigênia Muzetti adotou uma gatinha em maio, em plena pandemia. De lindos olhos azuis, Mel chegou na casa e já tornou-se uma grande amiga, acompanhando a dona em suas atividades diárias, como o home office, que Efigênia passou a fazer neste período de isolamento.  

EdsonVeterinário
00:00 / 01:24
EfigêniaAssistente Social
00:00 / 01:44

“Resolvi adotar porque eu me apaixonei por ela quando vi as fotos que a minha amiga me enviou”, diz a assistente social (ouça áudio de Efigênia ao lado falando sobre a Mel e dando dicas para quem pensa em adotar).

 Efigênia já era fã de felinos, mas a última vez que teve uma gatinha foi há 21 anos. Mal imaginava ela que Mel seria sua grande companheira num momento em que o convívio social e as visitas ficaram limitados devido ao novo coronavírus.

Mas, a companheirinha de todas as horas está sempre do lado da dona, seja esperando ela trabalhar no home office, lavando a louça na cozinha ou vendo televisão na sala. “Ela está sempre do meu lado, sentada quietinha, me olhando e querendo fazer parte do meu trabalho. O que a gente mais faz juntas é assistir televisão e parece que a Mel está entendendo tudo. Ela sempre deita no meu colo e adora dormir comigo”, conta Efigênia.

Pesquisas

São várias as pesquisas que comprovam que o relacionamento entre o homem e os animais pode trazer benefícios à saúde.  Nos últimos anos, estudos suecos indicam que brincar e acariciar cães entre 15 e 30 minutos reduz, significativamente, os níveis de cortisol ou ter, simplesmente, um cachorro diminui a produção do hormônio do estresse para quem teve ataque cardíaco ou Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Outra pesquisa nos Estados unidos concluiu que os gatos não só ajudam a diminuir os níveis de estresse como também os donos dos bichanos têm até 30% menos chances de morrer de infarto. 

SERVIÇO

Veja perfis onde adotar animais de estimação em Passos (MG): Patas AmigasS.O.S Patas S.OS.  Animais Passos

Veja sites confiáveis para monitorar o avanço do coronavírus no País e no mundo

Aprenda a fazer dois modelos fáceis de máscaras para se proteger do novo coronavírus

Relax na quarentena

Nesse período de isolamento social, mantenha calma e fuja do estresse com 5 dicas

2019-2020  © Copyright Noticiar.net