CULTURA

IMG-20210708-WA0000.jpg

Fotos: Divulgação

Passense ensina artes para

imigrantes na Austrália

Reportagem e edição: Keuly Vianney

n.noticiar@gmail.com

14/07/2021

whats-logo.png

Ensinar arte para imigrantes é um trabalho humanitário que atrai muita gente pelo mundo afora. Pois a passense Lúcia Mendes Batista é uma dessas privilegiadas em Canberra, a capital da Austrália. Ela está no país dos cangurus há mais de 10 anos e desde março atua como professora num projeto cultural subsidiado pelo governo australiano, que acolhe mulheres vindas de outros países.

Lúcia participa do projeto Migrants Women’s Art Group (MWAG), ligado ao Belco Arts Centre, órgão subsidiado pelo governo da Austrália por meio do Ministry Arts & Culture, oferecendo todo suporte ao curso de artes, com espaço confortável, material e lanche ao grupo de imigrantes. As aulas acontecem semanalmente com 24 alunas de várias nacionalidades. Um vez ao mês, são ministradas palestras de vários temas para que elas possam falar sobre país de origem e apresentar vídeos. 

IMG-20210708-WA0004.jpg

Passense Lúcia (direita) com uma de suas alunas imigrantes na sala de artes  

De onde vêm as imigrantes

           Alemanha

           Bolívia

           Brasil

           Chile

           China

           Coréia do Sul

           Equador

coreia.png