DEGUSTE

IMG-20211110-WA0006.jpg
IMG-20211110-WA0005.jpg

Fotos: Divulgação

O sabor suave do Canastra

Ouro no Mundial de Araxá

Reportagem e edição: Keuly Vianney

n.noticiar@gmail.com

15/11/2021

whats-logo.png

Mais uma vez, o queijo Canastra se destacou num concurso mundial. Dessa vez, no Araxá International Cheese Awards, que aconteceu na programação da Expoqueijo 2021 no início do mês. Foram seis medalhas, sendo duas de Ouro, três de Prata e uma de Bronze em cinco categorias da competição gastronômica brasileira. Entre os premiados, merece atenção o Queijo do Ivair, de São Roque de Minas, que neste ano já havia conquistado um Super Ouro na 5ª edição do Mondial du Fromage et des Produits Laitiers, Concurso Mundial de Queijos da França realizado em setembro.

Em dois meses, o queijo do Ivair revelou-se como uma iguaria mais do que recomendada na Serra da Canastra. Se você gosta de queijos mineiros, este deve entrar na sua lista, pois está se reinventando na produção queijeira sem perder a tradição da região.

O queijo Ouro vencedor em Araxá na categoria leite cru e casca florida é considerado jovem, pois tem 22 dias de maturação. Os proprietários da queijaria, Ivair e Lúcia Oliveira, contam que o produto ainda nem foi batizado.

“Nosso queijo tem a casca bem fina, de sabor suave e muito macio. É um queijo que aconteceu nessa época de transição de estações e acabou ficando diferente dos outros. Ainda estamos batizando o queijo para colocarmos no mercado”, explicam.

Este queijo tem ação do fungo Geotrichum candidum para chegar nas características e sabor únicos, principalmente da casca florida, o popular mofado. O queijo ganhador do prêmio Super Ouro na França feito pela queijaria também trabalhou com o mesmo fungo, o qual é usado na fabricação do camembert.

A diferença entre os dois queijos é o tempo de maturação. Enquanto o vencedor em Araxá possui sabor suave com 22 dias de cura, o ganhador em terras francesas é mais encorpado com massa amanteigada e crocante, pois matura por cerca de 30 dias. Cabe ao apreciador de queijos degustar essas delícias produzidas artesanalmente na Canastra.

IMG-20210914-WA0027.jpg

Queijo do Ivair  premiado na França é mais encorpado com casca florida

O feitio, claro, guarda segredos seculares de famílias da região, incluindo clima, pastagem e o modo de fazer que garantem o terroir da Canastra. Porém, há outras qualidades além da técnica para uma boa produção de queijos vencedores de prêmios internacionais. “Desde 2014, temos o intuito de fazer queijos de qualidade. Acredito que seja a  dedicação e amor pelo que fazemos”, diz Lúcia.

Como comprar

Queijo do Ivair, de São Roque de Minas, no Sul de Minas. Encomendas pelo Whatsapp (37) 99958-1369 / Instagram: @queijodoivair  

VEJA MAIS