2019  © Copyright Noticiar.net

Maryákoré: novo CD

de Consuelo de Paula

Texto e edição: Keuly Vianney

Arte: Hanna Teixeira

07/08/2019

Capa do CD Maryákoré, de Consuelo de Paula / Foto: Divulgação

Consuelo de Paula, cantora e compositora de Pratápolis (MG) que mora em São Paulo, lança nesta semana seu mais novo CD: Maryákoré, sétimo disco de sua carreira. Nele, a mineira selecionou músicas que contêm elementos de duas matrizes da raça brasileira: a negra e a indígena (confira no vídeo de divulgação acima Consuelo explicando sobre a produção do álbum).

O próprio título – Maryákoré – é entendido como uma nova assinatura da cantora, pois maryá se refere ao primeiro nome de Consuelo, Maria; koré

significa flecha na língua paresi-haliti, da família Aruak; oré é nós em tupi-guarani e yakoré forma um nome próprio africano.

Multiartista, a cantora é responsável por toda a produção do CD, além da direção geral. Assina as letras e músicas, com apenas duas parcerias, uma de Dé Trancoso e outra de Rafael Altério, arranjos, executa todos os violões e traz percussão de suas pesquisas, como a caixa do divino, cincerro e unhas de lhama, instrumento de origem indígena e andina.

Harmonia

O resultado é a harmonia entre a música e a poesia de Consuelo, com letras carregadas de imagens e sensações de uma sonoridade original que une diversos “brasis” e ritmos mineiros, os quais compõem sua verdadeira raiz cultural e pessoal e são sua grande inspiração.

Com 10 faixas, o CD se apresenta em dois movimentos, com Consuelo batucando o violão e trazendo um clima de ventos e tempestades que anunciam uma nova estação. Em sua rica composição e interpretação, seu novo trabalho inclui o pau de chuva, um instrumento feito por índios brasileiros, verso do terno dos marinheiros de Pratápolis, sua cidade natal, um moçambique com ritmo afro-mineiro, samba e toada.

Em algumas composições, entram flauta de tubos, violão, piano, rabeca de lata, caxixis, triângulo, pandeiro e caixa do divino. Sonoridade só alcançada por uma artista como Consuelo de Paula.

 

Trajetória

Consuelo de Paula é uma artista de música com reconhecimento de público e crítica especializada do Brasil, principalmente São Paulo, e no exterior. Suas composições já foram gravadas por nomes de peso da MPB, como Maria Bethânia, sem falar de suas parcerias com Rolando Boldrin e projetos nacionais, como Pixinguinha, Canta Inezita, Divas do Brasil, etc. 

Ela é cantora, compositora, poeta, diretora artística e produtora musical de seus próprios trabalhos. A trilogia Samba, Seresta e Baião (1998), Tambor e Flor (2002) e Dança das Rosas (2004) compõem seus primeiros lançamentos, seguidos do DVD Negra (2011), Casa (2012) e O Tempo e o Branco (2015). (Com informações da Assessoria de Imprensa)

Serviço: Lançamento CD Maryákoré, de Consuelo de Paula, 2019. Disponível em todas plataformas digitais: www.consuelodepaula.com.br/ www.facebook.com/maryakoreconsuelodepaula. Preço: R$ 35,00.

Recital Mineiro

5 dicas quentes

10 móveis incríveis

Violonista CelsoFaria, de

Passos, lança seu primeiro

trabalho solo

Nutricionista de Passos dá  

dicas de comidas e bebidas para os dias mais frios

Confira seleção de peças 

interessantes na feira de Móveis Rústicos de Passos