BEM-ESTAR

banana

Rica em potássio e vitaminas

Previne doenças cardiovasculares

Ajuda nas funções cerebrais

Auxilia o bom humor

Melhora o sono

Banana é nutritiva, mas está cara e pode ser substituída  

Texto: Keuly Vianney

n.noticiar@gmail.com

22/01/2022

whats-logo.png

Foi-se o tempo que a expressão “a preço de banana” pode ser usada para produtos baratos. Isso porque a fruta, uma das mais consumidas pelos brasileiros, teve uma alta surpreendente nas últimas semanas. No centro de Passos, no Sul de Minas, o quilo da banana chega a custar R$ 7,99 - valor bem superior à média praticada nos últimos meses, que variou entre R$ 3,99 e R$ 4,99. O jeito é tentar substituir este alimento nutritivo e importante em dietas saudáveis (veja os principais benefícios na imagem acima).

 

O valor de R$ 8,00 também é o mesmo praticado por alguns vendedores de verduras, legumes e frutas em Passos, como Fabiano Cesar e Amanda Araújo, que comercializam toda semana produtos frescos em pontos no centro da cidade e nas feiras. Há algumas semanas, a caixa de banana prata que eles compravam de produtores de Delfinópolis saltou de R$ 35,00 para R$ 90,00 – diferença de 157%.

Para o consumidor, o preço fica ainda mais caro. Por isso, os dois comerciantes decidiram não comprar o produto, pois muitos clientes deixaram de adquirir banana justamente pelo valor nas alturas.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou no dia 20 de janeiro um boletim informando que o aumento no preço da banana é causa da menor produção da fruta por problemas climáticos e exportações, que continuam aquecidas. A alta foi sentida principalmente na variedade prata, a mais consumida no dia a dia dos brasileiros.

Conforme o 1º Boletim de 2022 do Programa Brasileiro de Modernização do Mercado Hortigranjeiro (Prohort), da Conab, outra fruta que encareceu foi o mamão formosa, o qual teve queda na oferta devido ao “aumento no valor dos insumos para produção e doenças fúngicas em decorrência das chuvas e exportações, que aumentaram novamente”.

Por outro lado, o boletim destaca que a demanda segue regular para frutas típicas da estação e que podem substituir a banana, como a ameixa e pêssego, bem absorvidos no varejo devido às festas de fim de ano. Laranja e melancia também aparecem como alternativa neste momento que os fatores sazonais interferem no preço das frutas.

Além de pagar mais caro, o consumidor também corre o risco de levar produtos de má qualidade para casa, pois o excesso de chuvas ou de seca interferem diretamente no crescimento e no amadurecimento dos alimentos.

 

Nutrientes

A banana é uma fruta versátil e fácil de ser consumida, principalmente por praticantes de atividades físicas por ser rica em potássio, que ajuda a reduzir cãibras. Contém fibras, magnésio, fósforo, cálcio, vitaminas A, B e C, além de antioxidantes, triptofano e carboidratos.

Como é considerada completa e nutritiva (e barata até então!), fica difícil encontrar alimentos que substituam a banana de uma hora para outra, mas eles existem: castanhas, abacate e uva-passa, que contêm uma boa quantidade de potássio.

uvapassa.jpg

Uva-passa, abacate e castanhas possuem muito potássio

Abacate fatiado
castanha.jpg

VEJA MAIS