DEGUSTE

A gastronomia mineira

em “A Dona do Tacho”

Reportagem e edição: Keuly Vianney

n.noticiar@gmail.com

08/04/2021

whats-logo.png

A vida de uma das grandes representantes da gastronomia mineira e brasileira, a cozinheira Nelsa Trombino, está num documentário com pré-estreia em 16 de maio durante o Matula Film Festival, que tem transmissão online e gratuita, e apresentação da plataforma gastronômica Cumbucca. “A Dona do Tacho” é uma oportunidade para se conhecer a trajetória da fundadora do famoso Restaurante Xapuri há mais 30 anos em Belo Horizonte, com o que há de melhor na cozinha de Minas Gerais. 

 

O Xapuri é apontado hoje como um dos principais restaurantes de comida mineira tradicional do país. No curta-metragem, o diretor estreante Marcelo Wanderley narra a vida de Nelsa, de 82 anos, exemplo de esforço na defesa da gastronomia mineira tradicional. Veja abaixo Galeria de pratos do restaurante (clique nas fotos para ler a legenda).

Apesar de não ter nascido em terras mineiras, a paulista de Cubatão (SP), descendente de italianos, radicou-se em Lagoa da Prata, região Centro-Oeste do Estado, para onde se mudou após o casamento. Ainda jovem, aprendeu como poucos a verdadeira alma da comida mineira no tradicional fogão de lenha e tachos, seja preparando frango com quiabo ou doces irresistíveis.

 

Do começo da vida simples até a abertura do restaurante, o documentário revela como Nelsa se transformou na divulgadora da gastronomia de Minas Gerais pelo mundo afora. Um das suas principais bandeiras foi justamente a mobilização em defesa das tradições alimentares. “Tenho muita preocupação se isso vai ser mantido pelas novas gerações. Agora tudo leva creme de leite ou é flambado em frigideira”, reflete Nelsa em um dos momentos do documentário.

Tradição esta herdada da mãe, que a ensinou cozinhar. Em Minas, a cozinheira de mão cheia Nelsa só aprimorou seu talento com as panelas e a culinária até fundar o Xapuri em 1987 na Pampulha, numa época em que o local ainda carecia de estrutura em seus arredores.

 

Já nos primeiros meses de funcionamento, o restaurante comandado por Nelsa Trombino alcançou sucesso absoluto, cumprindo um papel de sedimentar não só a gastronomia, mas também valores culturais e urbanísticos em Belo Horizonte.

Parte da visibilidade que a gastronomia mineira vem ganhando no cenário nacional há alguns anos também se deve a ela. Ao ser convidada para viajar o mundo, levou consigo a identidade mineira, passando por vários Estados brasileiros e países, como Espanha, Inglaterra e China, onde ganhou prêmios e participou de festivais gastronômicos.

 

O talento de Nelsa também ganha reverência de importantes chefs, incluindo Alex Atala, Janaína Rueda, Leonardo Paixão, Rodrigo Oliveira e Ivo Faria. (Com informações da Assessoria de Imprensa)

SERVIÇO

Pré-estreia do documentário “A Dona do Tacho” - Dia 16 de maio às 18h, com exibição online e gratuita pelo site matulafilmfestival.com.br. Estreia dia 22 de maio no @cumbucca. O curta-metragem foi viabilizado por meio da Lei Aldir Blanc

VEJA MAIS